Blog Hnet Websites

Fique antenado sobre as principais tendências e novidades.

E-commerce no Brasil

A pesquisa “Perfil do E-Commerce no Brasil”, encomendada pelo PayPal à Big Data, a partir do monitoramento automatizado dos sites brasileiros, revela que o comércio eletrônico brasileiro é composto de 450 mil e-commerces ativos.


Este é o total de sites que responderam a cliques em 1º. de março, data do último monitoramento automatizado realizado pela empresa de pesquisa. A esmagadora maioria desses e-commerces – 81% – baseia-se em um modelo de comércio focado, que oferece ao consumidor até dez produtos.


“De forma geral, podemos afirmar que boa parte do e-commerce brasileiro é marcada pelo empreendedorismo. Ele abrange muitas pequenas empresas e artesãos que se beneficiam do baixo custo de entrada para montar suas lojas online”, informa Thoran Rodrigues, sócio-fundador e CEO da BigData Corp, que conduziu a pesquisa.


Do total pesquisado, apenas 15% dos sites de e-commerce contam com endereços de lojas físicas. Os demais 85% são negócios que só existem na web. O dado é um indício da facilidade de se abrir um negócio online. Segundo o levantamento, perto de 40% dos sites já usam algum tipo de intermediador de pagamentos ou de uma carteira virtual.


A pesquisa “Perfil do E-Commerce no Brasil”,  revela, ainda, a alta concentração geográfica do comércio online do País: metade dos sites é formada por empresas baseadas em São Paulo. Minas Gerais, Paraná e Rio de Janeiro têm perto de 7% cada.


Em boa parte, o “varejo.com” brasileiro é representado por pequenos sites. 88% deles recebem até 10 mil visitas mensais; 11% recebem entre 10 mil e 500 mil visitas mensais. Menos de 1% supera a marca de meio milhão de visitas por mês.



Aspectos técnicos


Os Estados Unidos são o país em que mais sites do e-commerce brasileiro estão hospedados. Isto é válido para 45,25% dos casos. Já, 28,5% estão em servidores no Brasil; e o restante em outros países. Quando o assunto é a plataforma escolhida, 44,03% optam por soluções proprietárias; 14,62%, por soluções abertas e gratuitas. Impressiona a parcela de 41,35% que trabalham com soluções criadas por desenvolvedores independentes.


Os dados em questão datam de 1º de março. A metodologia usada faz buscas automatizadas, conduzidas semanalmente para a extração de informações, que são submetidas a modelos de classificação e, na fase seguinte, validadas.

(*) Dados da pesquisa encomendada à IPSOS pelo PayPal, divulgada em novembro de 2014. 


Que tal sua empresa também fazer parte dessa fatia do mercado, ou ainda não seria uma ótima oportunidade para um novo negócio?

Fale conosco!

Sobre Nós

Somos uma empresa do Grupo Homenet, que atua no noroeste do Paraná desde 1997, especializada em Desenvolvimento de Sites Profissionais e E-commerce...

Leia Mais

Endereço

Hnet Soluções Digitais.
Rua Santos Dumond 2302, sala 07
Zona 03 - CEP: 87050-100
Maringá/Pr: (44) 3031-6555